A Volvo quer limitar a velocidade dos seus carros

06 março 2019

A Volvo Cars anunciou que irá limitar a velocidade máxima dos seus automóveis a partir de 2020. O anúncio personifica a visão e o compromisso da marca sueca no que toca aos perigos relacionados com o excesso de velocidade, assim, a partir desse ano limitará a velocidade dos seus modelos a 180 km/h. A Volvo Cars pretende que, a partir de 2020, ninguém perca a vida ou fique gravemente ferido a bordo de um novo Volvo. Esta declaração, conhecida como Vision 2020, é um dos objetivos mais ambiciosos na longa historia indústria automóvel.

No entanto, a Volvo reconhece que a tecnologia em redor do automóvel, poderá não ser, por si só, suficiente para atingir esse objetivo e por isso, a empresa amplia o âmbito do seu foco passando a destacar o comportamento e o papel do condutor. A investigação levada a cabo pela Volvo Cars reconheceu três preocupações principais em relação à segurança que a empresa denominou de “lacunas” e que poderão representar um risco para a concretização da sua Visão 2020: 1. Excesso de Velocidade; 2. Intoxicação; 3. Distração.

Além de limitar a velocidade máxima, a Volvo está também a investigar combinações de tecnologia que permitam, por exemplo, controlar automaticamente a velocidade perto de escolas ou hospitais. O problema relacionado com o excesso de velocidade é que, a partir de determinados valores e em caso de acidente, a tecnologia de segurança do veículo e a sua estrutura não conseguem evitar ferimentos graves ou mesmo fatalidades. Por isso, a maioria dos países ocidentais, impõe limites de velocidade, mas, ainda assim, esta continua a ser uma das razões mais comuns para a ocorrência de mortes na estrada.

scroll up