Até na cor este Mclaren Senna impressiona

02 março 2018

A McLaren Automotive também vai estar presente no Salão de Genebra para exibir o novo hipercarro Senna mas pintado com uma combinação de cores nunca antes vista a que a marca batizou de “Carbon Theme”.

Para conseguir o efeito desejado, a McLaren utilizou 67 componentes em carbono que levaram 1000 horas a produzir e 250 horas a montar (além das 300 horas necessárias para montar o carro), sendo que a cor da fibra de carbono exposta surge combinada com o amarelo e o verde da bandeira do Brasil, em mais uma homenagem ao piloto Ayrton Senna.

Este tratamento especial em carbono continua dentro do habitáculo, já que a fibra de carbono é combinada com um acabamento em Alcantara onde se destacam as costuras no mesmo verde das pinças de travões, a lista em amarelo no topo do volante e o verde no mecanismo de abertura vertical das portas.

Equipado com um motor V8 biturbo de 4.0 litros com 800 cv de potência e com uma velocidade máxima que pode ir até aos 340 km/h, o McLaren Senna tem um preço base a rondar os 850 mil euros mas a versão "Carbon Theme" que vai ser mostrada na Suíça custa mais 340 mil euros, antes de impostos. Significa isto que cada um dos 500 exemplares que compõem esta série especial vai custar cerca de 1,5 milhões de euros!

scroll up