Bugatti: o futuro também vai ser elétrico

08 agosto 2017

Tal como a Maserati anunciou recentemente, também a Bugatti vai passar pela eletrificação e por soluções híbridas na produção dos seus hiperdesportivos.

“Talvez seja ainda demasiado cedo para pensar num veículo totalmente elétrico mas a eletrificação vai estar presente de alguma maneira”, garantiu Wolfhang Durheimer, o CEO da Bugatti.

Por isso, não será de estranhar que daqui oito anos a próxima geração do Bugatti Chiron apresente diferenças significativas quanto à sua mecânica em relação ao modelo atual – que em março último teve apresentação mundial em Portugal – equipado com o motor W 16 de 8 litros e quase 1500 cv de potência, herdados do Veyron.

Por agora, Wolfhang Durheimer apenas diz que “estamos a analisar as necessidades dos nossos clientes, se querem que façamos algo de diferente. Temos muitas ideias, mas sem pressa em decidir nada já: a produção do novo Chiron não deve acontecer antes de 2025. Por isso, estamos em fase de estudo.”

scroll up