Citroën pensa em nova berlina para substituir o C5

22 janeiro 2018

A avaliar pelas palavras da CEO da Citroën, Linda Jackson, o C5 pode ter os dias contados. A marca francesa pretende por fim ao modelo que sobreviveu dez anos, mas já pensa numa nova grande berlina que "não será um novo C5", afirmou que "será uma nova berlina grande, porque ter uma no nosso alinhamento é uma parte crucial de ser um grande construtor". "Para se ser credível é preciso um leque que tenha carros pequenos, médios e grandes, incluindo SUVs", acrescentou.

Linda Jackson não revelou quando pretende ter esta berlina grande no mercado mas garantiu que o visual vai partilhar elementos com o CXperience Concept (fotos e vídeo) exibido no Salão Automóvel de Paris em 2016.

"Tal como todos os concepts, foi feito para testar reacções, mas o carro vai evoluir. Porém, e eu sei que sou tendenciosa, eu adorei-o. Vai inspirar o carro de produção e permitiu ver uma grande berlina topo de gama sem usar os tradicionais cromados, pele e madeira laqueada. Tinha um ar ‘avant garde’ que vai chegar à produção", afirmou Jackson ao adiantar ainda que "também pode servir de montra para o nosso ideal de redefinir o conforto, em termos do interior, da condução e do equilíbrio da direcção usando a nossa nova suspensão Advanced Comfort", concluiu.

scroll up