Conduzir no outono exige cuidados redobrados

02 novembro 2017

No outono, a luminosidade é menor porque os dias são mais curtos, coincidindo o lusco-fusco com a ida para o emprego ou o regresso a casa. Se a isto juntarmos as primeiras chuvas, os nevoeiros e o vento, todo o cuidado ao volante será sempre pouco. Conduza com a máxima segurança e prepare a sua viatura para esta estação.

Lembre-se que em dias de chuva a condução exige cuidados redobrados, porque a luminosidade é fraca e a aderência ao piso é menor correndo o risco de se entrar em derrapagem ou aquaplanagem. Defenda-se desse perigo respeitando a distância recomendável entre veículos, evite travagens bruscas e modere a velocidade, regra também aplicável em situações de vento forte para não perder o controlo do veículo.

Os nevoeiros contribuem igualmente para a má visibilidade na estrada. Para ver e ser visto em segurança, circule com os médios ligados e tenha a máxima cautela sempre que pretender efetuar ultrapassagens.

Prepare o seu carro certificando-se do bom funcionamento do sistema de travagem, da bateria, dos amortecedores, do limpa pára-brisas e do estado das escovas. Verifique o estado de conservação e pressão dos pneus e reveja o sistema de iluminação e sinalização.

De moto à chuva e ao vento

Além de adotarem uma condução defensiva sempre que as condições meteorológicas o exijam, em dias de má visibilidade os motociclistas devem ainda circular no centro da faixa de rodagem para serem vistos pelos outros ocupantes da via.

É recomendável o uso de equipamento (capacete e fato térmico) de cores vivas e brilhantes e sempre que está vento forte devem circular ligeiramente inclinados contra o vento para se manterem equilibrados.

scroll up