Daimler vai construir a maior fábrica de baterias do mundo

24 maio 2017

A Daimler criou a base para uma das maiores e mais modernas fábricas de baterias do mundo a instalar na ACCUMOTIVE em Kamenz, uma subsidiária detida pela Daimler a 100%. Este projeto que implica um investimento de cerca de 500 milhões de euros, terá o seu arranque na produção em meados de 2018.

A nova unidade fabril que vai situar-se a cerca de 50 km de Dresden, próxima de uma outra já existente, irá quadruplicar a área de produção e de logística em Kamenz para um total de cerca de 80.000 metros quadrados. Nos próximos anos, a ACCUMOTIVE pretende aumentar gradualmente o número de empregados na nova fábrica para que no final da década venha a contar com mais de 1.000 empregados, o dobro do atual número de funcionários.

Este grandioso vai reforçar ainda mais a ofensiva da marca na aposta dos veículos elétricos, que até 2022 prevê lançar mais de dez novos modelos ligeiros de passageiros.

Os novos veículos elétricos serão produzidos na eficiente e flexível rede de produção mundial da divisão Mercedes-Benz Cars, com fábricas em quatro continentes. O primeiro modelo EQ sairá da linha de produção da fábrica da Mercedes-Benz em Bremen no final da década. Além disso, os luxuosos modelos EQ serão produzidos na fábrica de Sindelfingen.

Além das baterias de propulsão, a ACCUMOTIVE irá produzir baterias para as unidades de armazenamento de energia da Mercedes-Benz e para sistemas elétricos de 48 V. O pioneiro sistema elétrico de bordo de 48 V celebra a sua estreia na nova geração do Classe S e será gradualmente implementado em vários modelos da marca.

Os veículos comerciais da Daimler também irão receber baterias fabricadas em Kamenz. Após o Vito E-CELL (2011), a divisão Mercedes-Benz Vans vai produzir em série veículos comerciais elétricos a partir do próximo ano. Tanto o modelo Vito como o Sprinter serão equipados com baterias de propulsão fabricadas em Kamenz. A Daimler Trucks irá lançar uma pequena série do Fuso eCanter no final deste ano. Esta é a terceira geração do primeiro camião de cargas ligeiras a nível mundial movido puramente com propulsão elétrica.

A Fuso também utiliza baterias da fábrica de Kamenz para o modelo eCanter. Em função do design, da carga e do perfil de aplicação, o camião de 7.5 toneladas tem uma autonomia superior a 100 km sem carga. O Fuso eCanter será fornecido em pequenas séries de produção a partir de 2017. As primeiras 150 unidades destinam-se a clientes do Japão, Europa e dos EUA. Juntamente com clientes, a Mercedes-Benz Trucks também está a iniciar os testes do Urban eTruck, o primeiro camião totalmente elétrico a nível mundial de transporte de elevadas cargas.

No próximo ano, a Daimler Buses irá iniciar a produção em série de um autocarro urbano totalmente elétrico da marca Mercedes-Benz. Os protótipos já se encontram na fase de testes.

scroll up