Delphi associa-se à BMW na condução autónoma

17 maio 2017

A Delphi junta-se à Mobileye e à Intel para o desenvolvimento de um sistema de condução autónoma de níveis 4 e 5, os dois mais avançados, que garantirão a condução com um mínimo de intervenção humana. No caso da BMW esse dia está previsto chegar em 2021, altura em que a marca pretende lançar os seus primeiros modelos autónomos.

A Delphi concluiu recentemente o processo de separação da sua divisão de motores para se poder focar no desenvolvimento de sistema de condução autónoma e de veículos elétricos. A parceria com a BMW é não exclusiva, permitindo que a empresa possa colaborar com outros fabricantes de automóveis, como a Audi, com quem a empresa tem testado o seu sistema.

scroll up