Depois da Europa, Volvo conquista o mundo com XC60

28 março 2018

Nada melhor que o líder de vendas, o XC60, para encantar o mercado mundial. A nova expressão da gama 60 da Volvo sorri como Carro Mundial do Ano 2018, superando os Mazda CX-5 e o Range Rover Velar. Depois de devidamente exibida e implementada a família 90, a Volvo vira-se agora para outro membro da família sueca que terá seguramente maior expressão em termos de vendas. Construído sobre a plataforma SPA, a mesma dos 90, que foi concebida para oferecer maior espaço interior, preservar a segurança e proporcionar melhor dinâmica, o novo SUV da Volvo oferece as mais recentes tecnologias Twin Engine e Drive, para além dos mais avançados sistemas de conetividade. Elevado à máxima potência em termos de segurança, como é timbre da Volvo, o XC60 namora de forma séria a condução autónoma e segura, apontando interessantes caminhos para o futuro.

A dinâmica de condução concebida para o segmento Premium, já conhecida na família 90, é agora transportada para a gama 60 da Volvo proporcionando excelente aderência, controlo da carroçaria, direção precisa e com excelentes reações, para além de um inegável conforto. Os motores Volvo da nova geração, Drive-E, elevaram a eficiência dos seus quatro cilindros, conseguindo proporcionar prazer de condução e muita eficácia, tanto em termos de performance como de consumo. Um design escandinavo caracteriza o novo SUV da Volvo, mas essencialmente uma evolução notória em relação à geração anterior, tanto ao nível de tecnologias, como da utilização de materiais de alta qualidade que contribuem para um ambiente luxuoso a bordo.

Os restantes premiados do Carro Mundial do Ano no Salão Internacional de Nova Iorque foram o Volkswage Polo, como Melhor Citadino, o Audi A8, nos Carros de Luxo, o BMW M5, Melhor Performance, Nissan Leaf, Melhor Carro Ecológico, e Range Rover Velar, Melhor Design.

:
scroll up