Elétricos da Hyundai foram testados na Lapónia

27 março 2018

A Hyundai testou os mais recentes modelos elétricos da sua gama na pista de testes Hyundai Mobis, na Suécia, apenas a uma hora de viagem do Círculo Ártico, perante as mais extremas condições climatéricas com temperaturas abaixo de zero. Estes testes rigorosos asseguram que os elétricos da marca sul-coreana são à prova de inverno e funcionam mesmo em temperaturas que chegam aos -35 °C.

As gerações anteriores de FCEV enfrentavam dificuldades técnicas significativas para funcionar com temperaturas entre -10 e -20 °C. Para ultrapassar este desafio técnico, os engenheiros da Hyundai projetaram um componente novo para aquecer as fuel cells do NEXO em condições abaixo de zero. Graças a esta estratégia inteligente de gestão térmica, o Hyundai NEXO pode ser ligado a -30 °C, e apresenta-se ao mesmo nível de todos os outros veículos com motores de combustão interna.

Outro dos desafios técnicos tipicamente encontrados nos FCEV é a formação de gelo no armazenamento das fuel cells depois de o veículo ser desligado, uma vez que a água é a única emissão resultante deste tipo de motorização. A Hyundai utiliza agora um sistema de ventilação instalado no armazenamento das fuel cells e, enquanto está desligado, o NEXO remove toda a água antes desta congelar.

O principal objetivo do teste de inverno num veículo elétrico com bateria de alta tensão é obter uma utilização o mais eficiente possível da eletricidade. De forma a maximizar a sua autonomia, o KAUAI Electric inclui soluções de engenharia inteligentes para minimizar a eletricidade utilizada em aquecimento, ventilação e ar condicionado (AVAC). As tecnologias AVAC realçadas no KAUAI Electric incluem uma bomba de calor altamente eficiente, um controlo inteligente da entrada de ar, ventilação individual (apenas para o condutor) e um sistema de ventilação de pré-condicionamento.

scroll up