Este Sergio vale 4,3 milhões de euros

21 agosto 2017

O Ferrari Sergio de 2015 foi uma edição especial de apenas seis unidades, apenas vendidas por convite a clientes mais abastados ou colecionadores de desportivos de luxo. Dois anos depois, um deles foi posto à venda no site da Classic Driver por 4,3 milhões de euros.

Carregado de simbolismo e exclusividade, o Ferrari Sergio que em 2015 custava 2,5 milhões de euros (tendo valorizado, em média, um milhão por cada ano que passou) foi concebido em homenagem a Sergio Pininfarina, o designer italiano responsável pela criação de alguns dos mais belos automóveis da história e que morreu em 2012.

Este modelo que reflete o espírito criativo da Pininfarina das décadas de 60 e 70, apresenta nas seis unidades produzidas uma configuração personalizada para cada comprador, fazendo com que cada um se tornasse numa peça de arte única.

A base para este Ferrari Sergio é a mesma do 458 Spider, desportivo descapotável que recorre a um motor V8 atmosférico de 4.5 litros de cilindrada capaz de debitar 605 cv de potência. E o modelo que foi posto à venda só marca no conta-quilómetros 118 km.

Das seis unidades produzidas, a primeira foi para os Emirados Árabes Unidos, três tiveram como destino os Estados Unidos, uma seguiu para o Japão e a última foi parar à Suíça.

scroll up