Exclusividade e luxo são apostas Maserati para Genebra

07 março 2017

A marca do tridente exibe alguns dos seus modelos mais prestigiados e sublinha a importância do primeiro SUV Maserati com uma edição exclusiva do Levante com assinatura de Ermenegildo Zegna que individualiza um novo interior mais luxuoso, que conta até com assentos em seda. Para além deste “show car”, a marca celebra o 60º aniversário do 3500 GT, o pioneiro dos “Gran Turismo”, com uma edição especial limitada a 400 unidades. Nas versões coupé e cabrio esta referência da marca italiana vendeu mais de 2.200 unidades desde 1957, o primeiro ano de produção, com a Maserati a homenagear em Genebra o glorioso passado da marca com uma edição especial onde são exibidos elementos específicos, tanto ao nível exterior, como interior.

Para além destes dois grandes destaques, a Maserati mostra em Genebra todos os modelos disponíveis para 2017 que compõem a gama da marca, como as berlinas Ghibli e também Quattroporte, onde a versão GTS GranSport incorpora o poderoso motor Ferrari de 3,8 litros V8 Twin Turbo de 530 cv. A versão SQ4 GranLusso conta com um sistema de tração integral inteligente Maserati Q4 e um motor 3.0 V6 Twin Turbo de 410 cv. Modelos familiares e espaçosos, mas com uma forte componente desportiva realçam o luxo e as performances, um apanágio da Maserati.

Para além de um apreciado leque de motorizações a gasolina, onde até o Levante S conta com um potente bloco de 3,0 litros V6 Twin Turbo com 430 cv, a “Casa do Tridente” disponibiliza também versões diesel tanto para o SUV Levante como para a berlina desportiva do segmento E, o Ghibli que monta um motor 3.0 V6 Turbo de 275 cv. Uma marca distinta, com motores de alta performance, onde o luxo e a exclusividade são sem dúvida distinções que saltam à vista, mas que também se sentem ao volante.

scroll up