Honda entrega CR-V Hybrid a partir de janeiro

20 setembro 2018

A produção do novo Honda CR-V Hybrid para os mercados europeus deverá começar em outubro de 2018, com as primeiras entregas ao cliente no início de 2019.

O sistema Honda Hybrid apresenta a tecnologia Intelligent Multi-Mode Drive (i-MMD) que compreende dois motores elétricos, um motor a gasolina Atkinson e uma transmissão direta inovadora, que oferece altos níveis de eficiência e requinte.

O CR-V Hybrid está equipado com um eficiente motor a gasolina i-VTEC de 2.0 litros, um potente motor eléctrico e uma bateria de iões de lítio. A potência máxima é de 184 cv (135 kW) com torque de 315 Nm.

Em vez de usar uma transmissão convencional, uma única relação de caixa fixa cria uma conexão direta entre componentes móveis, resultando numa transferência de torque mais suave. Este formato significa que o sistema da Honda é mais elaborado do que um e-CVT planetário normalmente encontrado em outros veículos híbridos.

A tecnologia i-MMD exclusiva da Honda tem o mesmo nome, pois alterna a forma inteligente e automática entre três modos de condução para proporcionar a maior eficiência possível. Esses modos incluem:

EV Drive – consome energia da bateria de iões de lítio para alimentar o motor de propulsão elétrica e acionar as rodas (com o motor a gasolina desligado)

Hybrid Drive – o motor a gasolina alimenta um segundo motor / gerador que suplementa a energia elétrica da bateria

Engine Drive – Um mecanismo de travagem e embraiagem que cria uma conexão direta entre o motor a gasolina e as rodas.

Na maioria das situações de condução urbana, o CR-V Hybrid fará a transição automática entre o Hybrid Drive e o EV Drive para uma eficiência otimizada. No Hybrid Drive, o excesso de potência do motor a gasolina também pode ser desviado para recarregar a bateria através do motor/gerador. O modo Engine Drive é o mais efeiciente para viagens longas a alta velocidade em auto-estrada.

Em um velocidade moderada, o CR-V Hybrid normalmente funciona no EV Drive por mais da metade do tempo, enquanto que em velocidades mais rápidas, o carro estará no EV Drive por aproximadamente um terço do tempo. O software de controlo do sistema i-MMD decidirá constantemente quando alternar entre estes modos para maximizar a eficiência, dependendo da situação e do ambiente, sem a necessidade de entrada do condutor.

Os engenheiros do programa CR-V Hybrid trabalharam arduamente para garantir que a transferência entre as fontes de energia - incluindo a função de start-stop do motor quando parado - seja praticamente imperceptível para os ocupantes. A transferência suave de torque significa que não há derivação da linha de transmissão ou feedback indesejável através dos pedais ou do volante, combinação do motor e transmissão quase silenciosa significa que o CR-V Hybrid possui excelente tranquilidade.

O sistema i-MMD foi ajustado para fornecer uma sensação linear por meio da aceleração, com calibragem otimizada entre a aceleração e a resposta da combinação do motor e transmissão, para garantir que o ruído do motor corresponda às expectativas do condutor.

O novo CR-V Hybrid da Honda possui um visor com Informação do Veículo (DDI) exclusive, que apresenta o status atual da unidade e permite que o condutor entenda como as fontes de energia se combinam para alimentar o veículo. A leitura mostra a carga da bateria de iões de lítio, um gráfico do fluxo de energia atual e o status de recarga do sistema. 

scroll up