Huracán com eixo traseiro direcional

20 novembro 2017

Numa fase em que a Lamborghini se prepara para lançar o Urus, o primeiro SUV da marca, também vai fazer um restyling ao Huracán, onde a maior novidade passa pela introdução do sistema de eixo direcional já conhecido do Aventador S, apoiado por um sistema eléctrico de 48 V.

Existe ainda a possibilidade da marca vir a equipar o Huracán com barras estabilizadoras adaptativas, solução que a Lamborghini já afirmou pretender instalar no Urus. Mas as novidades não se esgotam por aqui. O Huracán pode vir ainda a adoptar tecnologia da Audi no que toca à introdução dos amortecedores rotativos elétricos – eROT -, uma bateria e um sistema elétrico secundários, um novo alternador e nova cablagem.

Ao nível do motor, o Lamborghini Huracán não deverá trocar o V10 5,2 litros por um sistema híbrido idêntico, por exemplo, ao existente no novo Audi A8, embora não se descarte a ideia dos engenheiros da Lamborghini enveredarem por um aumento de potência no V10, ou até mesmo pela aplicação de um novo sistema elétrico.

Certa parece ser a chegada de uma versão GT3, mais radical que o Huracán Performante lançado já este ano.

scroll up