Intel aposta nos veículos autónomos e gasta 14 mil milhões

14 março 2017

O valor, cerca de 14 mil milhões de euros, é astronómico, mas o potencial de mercado dos veículos autónomos também, já que se estima que irá valer cerca de 70 mil milhões de euros daqui 13 anos. É por isso que a Intel decidiu avançar com a compra da MobileEye, a empresa israelita que desenvolveu o primeiro Autopilot da Tesla, assumindo-se assim como um ponta-de-lança para este mercado.

Refira-se que não foi só por causa da tecnologia desenvolvida pela MobileEye para a Tesla que a Intel tomou esta decisão, pois as duas empresas já estavam a trabalhar há meio ano no desenvolvimento de 40 veículos autónomos da BMW, que assim usufrui desta apetência da Intel para avançar na área da condução autónoma. 

scroll up