Lamborghini bate recorde de vendas

03 julho 2019

A Lamborghini bateu o seu recorde vendas no primeiro semestre, mantendo uma toada de forte crescimento nas vendas mundiais. Nos primeiros seis meses (de 1 de janeiro a 30 de junho), o fabricante italiano de carros superdesportivos entregou um total de 4.553 carros para clientes de todo o mundo. Comparado com o mesmo período de 2018, é um aumento de 96%. Estes números marcam outro recorde e até superam os números de vendas do ano de 2017.

Uma das contribuições mais substanciais para este resultado veio do SUV Urus, com 2.693 unidades entregues nos primeiros seis meses de 2019. Note-se que em Portugal, por exemplo, o preço médio da gama Lamborghini é de 391 mil euros a unidade, com o Aventador S Roadster a valer quase 510 mil euros. 

As gamas dos superdesportivos também deram um grande contributo e contam com mais de 40% das entregas da Lamborghini. O Huracán foi responsável por 1.211 unidades, incluindo as entregas realizadas no período de descontinuação do modelo Huracán Performante e entrada do novo Huracán EVO no mercado, do qual as primeiras entregas começaram em junho de 2019. O famoso V12 da marca, o Aventador, manteve níveis comerciais elevados, com 649 unidades entregues.

O maior mercado único da Lamborghini foi novamente os EUA, seguido da Grande China e do Reino Unido, Japão e Alemanha. A região com o maior crescimento foi a América com um aumento de 128% para 1.543 unidades, seguida pela Ásia-Pacífico que mais que dobrou as vendas para 1.184 unidades e EMEA (Europa, Oriente Médio e África) com um aumento de 67% para 1.826 unidades entregues para clientes.

scroll up