Lamborghini Huracán perde a capota

17 novembro 2016

A marca italiana anunciou a chegada de mais um elemento à família Huracán, o novo Spyder de tração traseira. Mas as novidades não se prendem apenas com a “perda” da capota e a troca da tração integral pela traseira. O novo Huracán Spyder apresenta também novo desenho no que toca à frente e à traseira do carro, que agora se apresenta com um aspeto mais agressivo que o distingue do tração integral, sem que isso represente perda de dinamismo.

Disponível a nível mundial a partir de janeiro de 2017, a mais recente proposta da casa de Sant’Agata Bolognese continua a fazer uso do motor V10 aspirado de 5,2 litros capaz de debitar uma potência máxima de 580cv. Em termos de prestações, e atendendo a que a relação peso/potência é de 2,6kg por cavalo, o Huracán Spyder precisa de apenas 3,6 segundos para fazer dos 0 aos 100 km/h e atinge uma velocidade máxima de 319 km/h.

scroll up