Lexus inova com skate voador

15 agosto 2017

O trabalho de desenvolvimento de tecnologias e estudos da Lexus vai bem para lá do setor automóvel, se bem que é sempre levado a cabo com isso em mente. Todo os projetos da divisão de luxo da Toyota têm algum tipo de ligação ao setor automóvel, seja para aplicação futura, ou introdução de componentes em novas áreas.

Depois de ter estado nas bocas do mundo com o SKYJET, o projeto do carro voador do futuro que foi usado no filme “Valerian e a Cidade dos Mil Planetas”, a Lexus torna agora realidade uma cena memorável do “Regresso ao Futuro II”: a fuga de Marty McFly (Michael J. Fox) num hoverboard!

Na altura o filme, o segundo da trilogia, pretendia ser uma representação do que seria o ano de 2015. Agora, dois anos passados, a Lexus torna a ficção realidade.

Na verdade, a teoria e a prática não são uma novidade; o MagLev, um comboio de altíssima velocidade, faz uso precisamente da tecnologia de levitação magnética e supercondutores para transportar passageiros em Xangai, a única linha comercial e funcionamento a nível mundial. A novidade está, precisamente, na aplicação desta tecnologia a um skate e numa superfície sem qualquer tipo de carril.

Enquanto o MagLev circula numa linha elevada com as laterais inferiores do comboio literalmente a abraçarem o monocarril, o hoverboard da Lexus, desenvolvido pelo Engenheiro de Levitação Magnética Dietmar Berger e pelo pioneiro de supercondutores e levitação Prof. Ludwig Schultz, faz uso de uma superfície absolutamente plana, sem qualquer tipo de margens, ou guias que revelem a localização dos campos magnéticos que possibilitam a levitação.

O resultado é um verdadeiro espetáculo, com o saketer profissional Ross McGouran a levitar pelo skate parque sem qualquer esforço e a fazer manobras que está acostumado a fazer com um tradicional skate de rodas... exceção feita ao atravessar de um lago de uma ponta à outra. Tudo coisas que, num futuro que pode estar mais perto do que pensamos, poderemos vir a fazer com os nossos carros... mas talvez sem os saltos e os 360º!

scroll up