Mercedes-Benz EQC aposta forte na segurança

17 dezembro 2018

A segurança do EQC, na eventualidade de um acidente, foi validada no centro tecnológico da Mercedes-Benz para a segurança de veículos (TFS). Neste centro de testes de colisão mais avançado do mundo, os veículos - incluindo os protótipos com baterias de elevadas dimensões - foram testados em condições de colisão severa. O resultado é um conjunto completo de medidas de construção que conferem ao EQC um elevado nível de segurança em colisão.

Além da segurança estrutural e do conceito de proteção da bateria, os sistemas de retenção especialmente adaptados aos modelos são particularmente importantes para os ocupantes na eventualidade de um acidente.

No caso dos veículos Mercedes-Benz sofrerem um acidente, várias medidas permitem reduzir a extensão dos danos e proporcionam uma maior facilidade de desencarceramento dos ocupantes no interior. Assim que um sistema de proteção (ex. tensor do cinto de segurança e o airbag) for acionado, é realizada uma chamada de emergência ou de serviço ou, na eventualidade de ser detetada uma avaria.

São medidas que podem ser implementadas em função do tipo e da gravidade do acidente, tais como: ativação automática da chamada de emergência Mercedes-Benz para notificar os serviços de emergência sobre o local e a situação de emergência para iniciarem a operação de desencarceramento; desativação do sistema de alta tensão; ativação das luzes de sinalização de perigo para avisar os restantes utentes da via; uiluminação do habitáculo ligada; abertura dos vidros laterais dianteiros para ventilação na eventualidade do acionamento dos airbags; sistema de fecho central destrancado e elevação da coluna da direção regulável eletricamente.

scroll up