Mercedes com novo recorde de vendas em Novembro

10 dezembro 2018

A Mercedes-Benz estabeleceu um novo recorde de vendas no final deste ano, apesar de um ambiente de mercado volátil: 198.545 veículos foram entregues a clientes em todo o mundo no mês passado. Com o aumento da disponibilidade de alguns produtos, particularmente em mercados internacionais, este teve um impacto positivo nas vendas das principais regiões.

Nos onze primeiros meses do ano, 2.103.653 automóveis Mercedes-Benz foram entregues a clientes, um valor ligeiramente acima do ano anterior (+ 0,4%). A marca manteve a posição de liderança de mercado no segmento premium na Alemanha, França, Itália, Espanha, Suíça, Portugal, Coreia do Sul, Japão, Austrália e EUA.

Vendas Mercedes-Benz por região e mercado

Na Europa, a Mercedes-Benz comercializou um total de 82.007 veículos em novembro, um aumento de 2,6% e um novo recorde. Nos onze primeiros meses do ano, foram entregues 850.957 unidades (-3,3%). No mercado doméstico, na Alemanha, a Mercedes-Benz comercializou 29.188 automóveis no mês passado (+12,5%). O novo Classe A continua a ser um dos modelos com maior procura tendo duplicado as suas vendas em relação ao mesmo período de 2017. Também em França, na Suíça, Polónia, Dinamarca, Portugal e Hungria foram superados os valores de novembro do ano anterior.

A Mercedes-Benz estabeleceu também novos recordes na região Ásia-Pacífico: 75.392 veículos foram entregues a clientes em novembro (+ 1,5%) e 862.419 nos primeiros onze meses (+ 7,5%). Na China, o maior mercado de vendas, 52.151 automóveis Mercedes-Benz foram vendidos no mês passado (+ 2,6%). No período de janeiro a novembro, a Mercedes-Benz registrou um crescimento de 11,7% e vendeu 603.089 unidades. Em novembro deste ano, juntamente com os modelos entregues pela smart, a divisão de automóveis da Daimler AG tornou-se o primeiro fabricante de automóveis premium a ultrapassar a marca de 600.000 veículos entregues na China num ano. A Mercedes-Benz alcançou novos recordes de vendas nos mercados da Coreia do Sul, Índia, Malásia, Tailândia e Vietnam.

Na região NAFTA, a Mercedes-Benz comercializou um total de 35.842 veículos em novembro (-1,8%). Nos onze primeiros meses deste ano, 340.564 veículos de passageiros Mercedes-Benz foram entregues a clientes (-5,4%). Nos Estados Unidos, um total de 31.022 clientes receberam o seu novo modelo, um aumento de 0,6%. Isso significa que um total de 283.943 veículos foram entregues nos Estados Unidos em novembro (-6,0%). No México, a Mercedes-Benz estabeleceu um novo recorde de vendas nos primeiros onze meses do ano.

Vendas por modelo

A procura pelo Classe E Limousine e Station foi extremamente elevada no mês passado. Mais de 31.000 unidades foram vendidas em todo o mundo, um aumento de cerca de 6,2%. A versão longa foi particularmente popular no mercado chinês, apresentando um crescimento de dois dígitos em novembro e, assim, alcançando um novo recorde de vendas.

Os SUVs da Mercedes-Benz continuam com vendas recorde, com cerca de 750.000 unidades dos modelos GLA, GLC, GLC Coupé, GLE, GLE Coupé, GLS e Classe G vendidos no período de janeiro a novembro (+ 2,4%). O crescimento das vendas foi impulsionado principalmente pelo GLC, que também estabeleceu um novo recorde de vendas unitárias no mês passado. Graças ao crescimento de dois dígitos, o novo Classe G alcançou um novo recorde de vendas para novembro.

A procura pelos Dreamcars da Mercedes-Benz foi particularmente forte em novembro: as vendas unitárias mundiais aumentaram 19,8% para a nova alta de 15.073 unidades. Em todas as três principais regiões - Europa, Ásia-Pacífico e NAFTA - os Dreamcars alcançaram um crescimento em vendas unitárias. O Classe E Cabriolet foi particularmente popular, assim como o CLS, que estabeleceu um novo recorde em novembro.

Smart

Nos primeiros onze meses do ano foram vendidos 118.512 veículos da marca smart em todo o mundo (-3,8%). Em novembro, um total de 10.926 clientes receberam o seu microcarro de duas ou quatro portas (-6,2%). Os modelos smart foram especialmente populares em Espanha, com crescimento de vendas de dois dígitos nesse mercado. As vendas mundiais dos modelos elétricos atingiram um novo recorde em novembro e nos onze primeiros meses.

scroll up