Mercedes comanda competências digitais a partir de Lisboa

09 maio 2017

Os caminhos do futuro para a Mercedes-Benz vão passar por Portugal. O Digital Delivery Hub é o primeiro centro de fornecimento de serviços digitais e de soluções globais de software destinado ao mercado mundial, com a marca alemã a pretender tornar-se uma referência ao nível de serviços de mobilidade Premium.

A aposta da Mercedes-Benz em Lisboa foi apoiada e acompanhada pelo Governo Português e pela Câmara Municipal de Lisboa, com António Costa e Fernando Medina a apadrinharem este novo centro de competências digitais, pretendendo aproveitar o impulso para transformar Lisboa num hotspot digital a nível mundial. Um projeto especial numa cidade que pretende produzir talentos e realizar sonhos, num país aberto que quer investir na ciência e nas competências digitais.

Hoje, para a indústria automóvel mundial, os engenheiros informáticos são tão importantes como os engenheiros mecânicos na procura de soluções de futuro para otimizar veículos elétricos e também projetar a condução autónoma. A aposta forte da Mercedes-Benz nestes projetos passa por elevados níveis de confiança, e na altura em que se celebrou o Dia da Europa, a marca anunciou que será um dos principais patrocinadores do Web Summit já este ano, naquela que é considerada a conferência de tecnologia digital mais importante do mundo.

Se o ano passado a Mercedes-Benz celebrou o melhor ano de sempre da sua história, a empresa pretende continuar a inovar, desafiando vertentes essenciais para o futuro, como a conetividade, condução autónoma, serviços partilhados e condução elétrica. O novo Digital Delivery Hub que começa a laborar em Lisboa será uma peça fundamental para essa estratégia, na transição de um fabricante de automóveis Premium para a liderança de serviços de mobilidade Premium. Promover novos postos de trabalho na cidade de Lisboa, para técnicos portugueses que possam ser talentos no mundo digital é outro dos grandes objetivos da Mercedes, que vai abrir vagas para especialistas nas áreas de desenvolvimento de software, programação de aplicações, Big Data, Cloud Computing ou Java Script entre outras. Portugal poderá ter uma oportunidade de ver os seus melhores quadros nesta área, a dar suporte nas tecnologias digitais do futuro.

scroll up