Não incomodar, estou a conduzir!

07 junho 2017

Quantas e quantas vezes estamos ao volante e nos distraímos com uma notificação de mensagem, e-mail, FaceTime, ou de qualquer outra App? Muitas! Mais do que devíamos.

É certo que podemos controlar individualmente todo e qualquer tipo de notificação e bani-las por completo do nosso iPhone ou iPad, mas a verdade é que praticamente ninguém o faz... pelo menos no que respeita ao iMessage, e-mail, FaceTime, WhatsApp e outras Apps de mensagens. E outra grande verdade é que mail ouvimos o “ping” e vemos um excerto da mensagem ficamos desesperados para conhecer o resto do conteúdo e desviamos a atenção da condução.

Para impedir isto a Apple anunciou a introdução no outono de uma nova funcionalidade integrada no iOS 11, o “Do Not Disturb While Driving”, ou “Não Incomodar Enquanto Conduzo” numa tradução direta.

Em boa verdade, esta não é uma funcionalidade totalmente nova no iOS, já que a opção “Não Incomodar”, de ativação manual sempre que queremos, ou programável, já permitia um resultado idêntico e chega mesmo a incluir as chamadas telefónicas. Agora, o “Não Incomodar Enquanto Conduzo” vai mais longe, juntando a informação fornecida pelo Bluetooth, Wi-Fi e cabo USB, bem como o sensor de movimento do iPhone ou iPad para determinar se o utilizador está num carro em movimento e ativar a funcionalidade.

Quando ativa, o ecrã bloqueado do iPhone fica a negro e não se recebe qualquer tipo de notificação, com o sistema a enviar automaticamente uma resposta a informar que o utilizador está a conduzir e não pode responder a mensagens.

Contudo, e como já acontece também com a mais simples “Não Incomodar”, o utilizador pode definir uma lista de favoritos, contactos preferenciais que, caso necessitem, podem responder à mensagem automática que receberam com um “Urgente”. Do nosso lado do telefone, a mensagem é apresentada e assim podemos procurar um sítio para interromper a marcha em segurança e responder à mensagem inicial.

Outra característica desta funcionalidade é que o ecrã fica bloqueado enquanto se está a conduzir, impedido o acesso às Apps. As únicas que não são bloqueadas são as de navegação, mesmo assim não é possível introduzir destinos enquanto o carro está em movimento.

“Mas eu sou um mero passageiro no carro e também fico com o meu iPhone bloqueado?” – Pergunta justa, mas não se preocupe. Como em tudo o que a Apple desenvolve no que respeita ao iOS, há forma de escolher. Para tal, quando questionado pelo telefone, basta responder que não está a conduzir e que é um passageiro do carro. Não vale é fazer batota!

Outra das novidades dada a conhecer a na Conferência Mundial de Programadores da Apple prende-se com Maps, que agora conta também com a funcionalidade de Mudança de Faixa, para que não perca uma saída na vias-rápidas, e passa a apresentar os limites de velocidade, para que saiba sempre se está em excesso de velocidade.

scroll up