Novo modelo a cada seis meses garante a Seat

23 março 2018

Até 2020, a Seat vai lançar um novo automóvel a cada seis meses com os dois primeiros a serem o Tarraco e o Cupra Ateca, que têm comercialização agendada ainda para 2018. No próximo ano vai chegar aos concessionários a nova geração do Seat Leon, na versão de 5 portas e o familiar ST. Em 2020, é a vez de chegar o primeiro veículo 100% elétrico da marca, com uma autonomia de 500 quilómetros e fabricado sobre a plataforma MEB do Grupo Volkswagen, que estreia a integração de um CUV na gama SEAT (Crossover Utility Vehicle).

Este veículo elétrico da Seat que vai contar com um preço competitivo, terá ainda os sistemas de conetividade e de infotainment mais avançados do mercado e, pelo menos, o nível 2 na capacidade de condução autónoma.

Foi este o anúncio feito hoje, dia 22 de março, pelo presidente da Seat, Luca de Meo, na apresentação anual de resultados aos meios de comunicação, em Madrid. O fabricante assume um passo em frente na direção da mobilidade elétrica, que incluirá, igualmente, a versão híbrida da nova geração do Leon. E, em paralelo, continuará a apostar nos veículos a gás natural comprimido (GNC) e com motores de combustão.

Neste sentido, Luca de Meo reafirmou o compromisso da marca com os veículos de gás natural comprimido (GNC). “Lideramos o projeto de desenvolvimento técnico dos veículos de GNC dentro do Grupo Volkswagen. Com o Arona TGI, que lançaremos este ano, ficaremos com o único SUV em todo o mundo com propulsão a gás natural”.

scroll up