Novos componentes tornam Audi R8 e TT mais dinâmicos

12 julho 2017

O Audi R8 e Audi TT elevaram as suas performances graças aos novos componentes Audi Sport Performance Parts. As suspensões, sistemas de escape, jantes e pneus foram revistos de modo a tornar estes modelos mais ágeis e dinâmicos reforçando o prazer de condução.

No caso do Audi R8, o modelo foi equipado com novas placas de suporte de pastilhas de travão em titânio leve, pintadas numa cor fluorescente, que reduz o peso em 1 kg relativamente aos modelos de série, além de discos de travão dianteiros de aço com fixação múltipla. Já os Audi TT, TTS e TT RS estão equipados com vários kits de arrefecimento dos travões, permitindo-lhes otimizar o rendimento.

A divisão desportiva da Audi introduziu ainda no R8 e no TT uma suspensão de tipo Coilover com duas ou três vias e jantes de 20 polegadas com acabamento a cor negra. Um equipamento mais leve que aumenta o comportamento dinâmico destes modos: menos 7,2 kg de peso para o Audi TT e cerca de 8 kg a menos no caso do Audi R8.

As dimensões dos pneus também foram revistas com o R8 e estar equipado com pneus de 245/30 R20 (à frente) e 305/30/R20 (atrás) e o Audi TT com 255/30 R20 nos dois eixos.

Para o Audi TT Coupé com tração às quatro rodas, a gama de novos componentes inclui uma barra de reforço na suspensão do eixo traseiro, que melhora a rigidez e permite uma condução mais precisa. E por falar em condução, os proprietários do Audi TT RS podem ainda aumentar a limitação eletrónica da velocidade máxima dos seus veículos até aos 280 km/h.

Ao nível dos novos sistemas de escape, os Audi TTS e TT RS estão equipados com um silenciador ultraleve, de titânio, com uma configuração específica para intensificar o som dos motores destes desportivos.

Mas na nova gama de componentes Audi Sport Performance Parts, a oferta mais espetacular diz respeito aos kits Aero, desenvolvidos no túnel de vento da marca. Os Audi R8 e Audi TT incluem um novo design das entradas de ar frontais, laterais e o difusor.

Também foi melhorada substancialmente a carga aerodinâmica: no Audi R8 esta força chega a atingir 250 kg a uma velocidade de 330 km/h, o que pressupõe um aumento de 100 kg. Com efeito, a uma velocidade de 150 km/h torna-se ainda mais pronunciado, pois a carga aerodinâmica duplica a esta velocidade para atingir os 52 kg graças ao kit Aero.

O Audi R8 foi ainda equipado com um splitter para a dianteira assim como um grande aileron traseiro fixo. Já o Audi TT exibe um capot com generosas entradas de refrigeração. Estas peças são produzidas em polímero reforçado com fibra de carbono para o Audi R8, e em fibra de carbono e material plástico para o Audi TT, em ambos os casos com o emblema Audi Sport incluído.

A nova gama de componentes que equipa estes modelos completa-se com atrativas opções ao nível do interior. Para os Audi R8 e TT são disponibilizados volante desportivo com multifunções revestido em Alcantara e com uma marca vermelha nas 12 em ponto. Para o Audi TT, foi desenvolvida uma estrutura de reforço em fibra de carbono que substitui os assentos traseiros reduzindo o peso em 20 kg, que melhora a rigidez torsional e o comportamento dinâmico em curva, a alta velocidade.

Os consumos (combinados) de combustível nos modelos mencionados: Audi R8 - 12,3 – 11,4 l/100 km; emissões combinadas de C02: 287 – 272 g/100 km; Audi TT e TTS - 7,5 - 4,7 l/100 km; emissões de C02 – 173 – 125 g/100 km; Audi TT RS: 8,5 – 8,2 l/100 km; emissões de C02: 194 – 187 g/km. Estes valores dependem do tipo de jantes e pneus, e dos motores utilizados.

Mais tarde, a Audi pensa alargar estes novos componentes a outros modelos da marca de forma gradual.

scroll up