O primeiro desportivo elétrico da Porsche chama-se Taycan

11 junho 2018

O concept “Mission E”, nome atualmente usado para descrever a oferta totalmente elétrica da Porsche vai ser conhecido como Taycan, com chegada ao mercado prevista para o ano. O nome pode ser traduzido como “cavalo jovem e alegre”, referência à imagem no coração do Escudo Porsche, que surge desde 1952. A marca de Estugarda anunciou o nome para a sua primeira geração de automóveis puramente elétricos como parte da cerimónia dos “70 anos dos automóveis desportivos”.

Dois motores com uma potência superior a 600 cv aceleram o automóvel desportivo elétrico até aos 100 km/h em menos de 3,5 segundos e até aos 200 km/h abaixo dos 12 segundos. Esta performance é conjugada com um nível contínuo de potência sem precedentes nos veículos elétricos: é possível realizar arranques sucessivos sem perda de performance. A autonomia máxima do veículo ultrapassa os 500 quilómetros, de acordo com o ciclo NEDC.

A Porsche planeia investir mais do que seis mil milhões de euros na mobilidade elétrica até 2022, duplicando o que estava inicialmente previsto. Dos adicionais três mil milhões, cerca de 500 milhões serão usados para o desenvolvimento das variantes do Taycan, à volta de mil milhões são para a eletrificação e hibridização da gama existente de produtos, várias centenas estão destinadas à expansão das fábricas, cerca de 700 milhões são para novas tecnologias, infraestrutura de carregamento e smart mobility.

scroll up