Os 48 anos do Range Rover em apenas 120 segundos

20 janeiro 2017

É provável que dois minutos passem a correr, mas é tempo mais do que suficiente para que a Land Rover preste homenagem a um ícone do motor. Desde 1970 que o Range Rover tem vindo a inovar o seu design e engenharia. Agora, em 2017, a Land Rover mostra a evolução do seu SUV de luxo ao longo de quatro gerações num vídeo de apenas 120 segundos.

O vídeo destaca datas-chave na história do lendário SUV e este foi o momento escolhido porque, em janeiro, cumprem-se 23 anos desde o fim da produção do modelo original de duas portas e o SVAutobiography Dynamic sai para o mercado em todo o mundo. Nesta animação pormenorizada é possível verificar como o Range Rover atual conserva muitos dos sinais da identidade do desenho do modelo clássico de 1970 e termina com a versão SVAutobiography Dynamic.

Quando foi colocado à venda pela primeira vez em 1970, o Range Rover foi um dos veículos pioneiros no que toca à tração permanente às quatro rodas; muitos dos outros veículos possuíam unicamente a opção de escolha. Em 1971, o modelo original foi apresentado como “um trabalho exemplar de design industrial” quando passou a ser o primeiro veículo a ser exposto no famoso museu do Louvre em Paris. A partir de então, esteve sempre na vanguarda do design e da engenharia.

A versão de quatro portas foi posta à venda em 1981 e, pouco depois, em 1982, foi introduzida a transmissão automática nos Range Rover. Em 1989, o SUV de luxo foi o primeiro veículo todo-o-terreno do mundo a incluir travões anti bloqueio (ABS). Em 1992 passou a ser o primeiro SUV do mundo a incluir o sistema de controlo de tração eletrónico e suspensão pneumática eletrónica e automática.

A inovação em engenharia continuou presente em 2012, quando o Range Rover passou a ser o primeiro SUV do mundo fabricado totalmente em alumínio. Mais recentemente, em 2014, o SUV de luxo foi o primeiro veículo a incorporar a avançada tecnologia semiautónoma All-Terrain Progress Control (ATPC) da Land Rover, um controlo de cruzeiro todo-o-terreno que ajusta a velocidade de modo autónomo sobre qualquer superfície.

O último modelo incluído na animação, o SVAutobiography Dynamic, conta com um motor V8 que já equipava o aclamado Range Rover Sport SVR e foi especialmente calibrado para atingir um binómio de 680 Nm e uma aceleração dos 0 aos 100 km/h em apenas 5,4 segundos. Entre os aperfeiçoamentos levados a cabo no interior destacam-se os bancos em pele com almofadado em forma de diamante e costuras em contraste que lhe conferem o ar mais apelativo e refinado.

scroll up