PSA e Opel unidas por 1,8 mil milhões de euros

20 fevereiro 2017

A compra da Opel pela PSA (grupo que detém a Peugeot, Citroën e DS) é um negócio que está avaliado em dois mil milhões de dólares (mais de 1,8 mil milhões de euros), que deverá será fechado esta semana e anunciado oficialmente na quinta-feira, dia em que o grupo que controla a Peugeot e a Citroën vai apresentar os resultados anuais de 2016, avança a Bloomberg.

A PSA pagará mil milhões de dólares em 'cash' à General Motor, atual detentora da Opel, e assumirá igual montante de responsabilidades e dívidas. Este valor não inclui a Vauxhall, marca gémea da Opel no Reino Unido.

A PSA terá optado por acelerar as negociações de forma a avançar com a compra da Opel, a que se seguirão depois negociações no Reino Unido, relativas ao futuro da Vauxhall.

A fusão PSA-Opel está a ser bem vista pelos analistas, que salientam as sinergias industriais possíveis, com grandes poupanças nos custos de investigação e desenvolvimento, e a complementaridade geográfica, uma vez que a Opel tem posições fortes onde a PSA não tem, e vice-versa.

scroll up