Sabe o que significam estes logótipos de automóveis?

25 junho 2019

São muitos os apaixonados por carros, especialmente por determinadas marcas, mas, provavelmente, nem todos saberão a origem dos logótipos que os identificam. Escolhemos alguns dos mais conhecidos para contar a história que está por trás doss eus visuais únicos, das cores ou símbilos que os tornaram conhecidos.

Alfa Romeo

 O anel azul com a inscrição “Alfa Romeo Milano” representa a família real de Milão, sendo também a bandeira desta cidade italiana, onde a marca nasceu. A cruz de São Jorge sobre um fundo branco, seguia a tradição de utilizar símbolos regionais nas competições automóveis. Ao lado, a serpente verde, conhecida por Biscione, foi criada por Ottone Visconti, Arcebispo de Milão e existem várias versões que explicam o seu significado. Pode ser uma figura mitológica que dá á luz uma criança ou uma cobra que alguns acreditam ter sido um presente do Arcebispo à qual foi adicionado um muçulmano na boca para simbolizar a vitória após o domínio de Jerusalém. Nascimento ou morte? A marca insiste que o seu logo representa antes o nascimento, representado por uma figura humana a emergir da boca de uma cobra, como um novo homem.

Mercedes-Benz

A estrela de três pontas representa as três áreas para as quais a marca construía meios de transporte: ar, água e terra. Com um design mais simplificado desde a década de 20, a estrela prateada continua a simbolizar luxo e a imagem de uma das mais apetecíveis marcas de automóveis ao longo dos tempos.

Lamborghini

Além de ser do signo de touro, Ferruccio Lamborghini, foi um apaixonado pelas touradas espanholas. E foi isso mesmo que o criador da marca que quis expressar no desenho do logo da Lamborghini, famosa por produzir automóveis tão poderosos quanto o animal que os representa.

Abarth

O logótipo da Abarth revela o signo de Karl Aberto Abarth, inscrito num escudo e que transmite a ideia de paixão e triunfo. Abaixo do nome, encontram-se as cores da bandeira da Itália (verde, branco e vermelho). O vermelho e amarelo que preenchem o interior do escudo refletem a paixão, intensidade e energia, sentimentos presentes na competição automóvel.

Ford

Ao que consta não existe nenhuma história especial para a origem do logótipo Ford. É apenas o nome da marca inscrito com a caligrafia do seu fundador, Henry Ford, inserido numa forma oval que de qualquer forma se tornou mundialmente conhecido e que identifica de imediato os seus produtos.

Tesla

O T de Tesla representa a secção de um motor elétrico. E o CEO da marca foi mais longe ao admitir que, neste caso, foi seguido o mesmo raciocínio utilizado em relação à SpaceX, cujo símbolo faz lembrar a trajetória de um foguetão. Concebido pela RO-Studio, empresa de Nova Jersey especialista em design, que idealizou igualmente o logótipo da empresa espacial, inicialmente o “T” foi colocado sobre um escudo prateado. Mas da mesma forma que o fabricante de automóveis inicialmente foi baptizado de Tesla Motors e depois deixou cair o Motors, assim também o escudo desapareceu, deixando o “T” sozinho e em posição dominante.

Porsche

É um dos mais famosos logos que possui as cores da bandeira da Alemanha e o nome da cidade desta marca de automóveis: Stuttgart. A figura do cavalo passa a imagem de poder e rapidez. Além disso, são animais criados em Stuttgart.

Jaguar

O maior felino da América e terceiro no mundo a seguir ao tigre e ao leão, foi escolhido para representar a graça, o porte e a força desta marca. Mas nem sempre foi assim, já que até à II Guerra Mundial, a marca ostentava como logo um “SS” (de Swallow Sidecar Company), que após o conflito e por razões óbvias foi posto de lado, dando lugar ao Jaguar.

Saab

Apesar de ter sofrido algumas alterações ao longo do tempo, resultado de fusões com outras empresas como a Scania, o logotipo Saab sempre ostentou um símbolo ligado às suas origens: um Grifo vermelho, animal mítico, metade leão, metade águia que adorna as cristas heráldicas da cidade de Östergötland, cidade em que a Saab foi fundada.

Volkswagen

Ao longo da história da Volkswagen, o seu logótipo recebeu diversas atualizações, incluindo variações de cores. No entanto, todas as versões têm algo em comum: as letras “V” e “W” dentro de um círculo, que a partir de 2013 passou a adotar um tom azul mais atual e mais identificativo dos valores da marca: tradição e inovação.

Ferrari

O logótipo da Ferrari é um cavalo negro levantado sobre as patas traseiras, inserido num fundo amarelo. O símbolo traz as letras S e F, as iniciais de Scuderia Ferrari, nome da marca na altura da sua fundação. Quanto às cores, o amarelo é a cor da cidade natal de Enzo Ferrari (Modena), e as cores das listas correspondem às da bandeira italiana.

Maserati

A companhia era administrada por três irmãos, mas foi o quarto que criou o seu logótipo. O tridente foi baseado na estátua do deus romano Neptuno, que pode ser vista na Piazza Maggiore, em Bologna. As cores azul e vermelho representam as cores da cidade.

BMW

A marca foi fundada depois dos irmãos Karl Rath e Gustav Otto terem obtido autorização do governo alemão para produzirem motores de avião em 1917. O logótipo, contém o símbolo de uma hélice de avião, nas cores azul e preta proveniente de uma antiga bandeira da Baviera. Tem como sigla a palavra BMW que é a abreviatura de Fábrica de Motores da Baviera (Bayerische Motoren Werke).

scroll up