Seat já anda a testar carros conectados com 5G

25 julho 2018

A Telefónica e SEAT apresentaram esta terça-feira o primeiro exemplo de uso do projeto Cidades Tecnológicas 5G na cidade de Segóvia, ao equiparem um veículo e a infraestrutura rodoviária com tecnologia que lhes permite trocar informação, convertendo-se no primeiro passo para o uso da rede móvel nas comunicações veiculares V2X em cenário urbano real.

A SEAT disponibilizou um veículo do modelo Ateca equipado com a última tecnologia em conectividade e modificado para poder fazer advertências ao condutor através do painel de instrumentos. A iniciativa também se realizou em colaboração com a FICOSA, que fabricou o dispositivo de comunicações C-V2X integrado no veículo; SICE, fabricante e concessionária da infraestrutura rodoviária e que contribuiu ao dotar de conectividade as estruturas de semáforos, e a NOKIA, responsável pelo desenvolvimento e montagem de um servidor MEC (Multi-access Edge Computing) que resulta na plataforma de comunicação entre o veículo e a infraestrutura rodoviária.

Especificamente, os dois exemplos de condução assistida que foram demonstrados em Segóvia foram os seguintes:

- Aviso ao veículo por parte do semáforo de que existe um peão a atravessar na passadeira numa esquina fora da linha de visão à direita. Se o condutor efectivar a intenção de virar à direita, ativando o indicador de mudança de direção, o veículo mostra no painel de instrumentos o aviso de que está um peão na passadeira.

- Aviso ao veículo por parte do semáforo de que este está a prestes a passar para vermelho. É o veículo que calcula se, mediante a sua posição, velocidade e trajetória, tem tempo para passar o semáforo. Em caso negativo, um alerta é disparado no painel de instrumentos de modo a que o condutor possa realizar uma travagem controlada.

Em Portugal, recorde-se, o IP3 vai ser a primeira via requalificada para albergar a tecnologia necessária para uma interação futura entre veículos conetados e as estradas.

scroll up