Segurança é ponto de honra para a Volvo

12 outubro 2017

Se os automóveis são conduzidos por pessoas, tudo o que a Volvo faz é contribuir para a sua segurança. Este é o lema máximo da marca sueca, sublinhado precisamente por Assar Gabrielsson e Gustav Larson os fundadores da Volvo. E foi precisamente para explicar as diversas fases do processo “Círculo da Vida”, que a marca utiliza na análise e desenvolvimento de novas soluções de segurança, que a sueca Lotta Jakobson, líder do Departamento Técnico de Prevenção do Volvo Cars Safety Centre esteve em Portugal. No fundo, um testemunho sobre o compromisso histórico da marca em termos de segurança.

Com quase trinta anos de experiência na investigação e desenvolvimento em segurança automóvel, Lotta Jakobson assegurou a constante intenção que a Volvo tem em desenvolver processos que protejam os ocupantes de um dos seus carros, como exemplificam precisamente os mais recentes modelos Volvo. Como a segurança evolui constantemente, a marca orgulha-se de todos os estudos, testes e ensaios de estrada efetuados sistematicamente, e que projetam qualquer um dos seus modelos para uma referência neste capítulo. O primeiro cinto de segurança foi Volvo e constituiu uma verdadeira história de sucesso.

Os métodos e sistemas de segurança estão a evoluir constantemente e a “Visão Volvo 2020” promete que nesse ano ninguém morra ou fique seriamente ferido a bordo de um Volvo de última geração. Entender a visão do condutor, através de processos dirigidos ao conhecimento será essencial para atingir os objetivos da marca, que não se cansa de colocar em prática diversos testes de estrada com modelos variados, onde se ensaiam colisões frontais, laterais e traseiras e até diversos tipos de capotamento. A absorção de energia do embate é um dos pontos mais importantes, bem como as deformações de carroçaria e resistência de materiais. Até o impacto com animais de grande porte, evitando que o corpo do animal entre no habitáculo, é uma das preocupações da Volvo, que também dedica toda a atenção à proteção de peões.

Segundo Lotta Jakobson a segurança inteligente é muito mais importante que exibir uma série de equipamentos de segurança ativa ou passiva. As tecnologias que registam e gravam as causas e consequências de um acidente são um passo fundamental para se poderem desenvolver novos processos que coloquem a segurança acima de qualquer suspeita. A proteção a crianças é igualmente uma prioridade da marca, que também é pioneira nesse capítulo, alertando que as crianças não são adultos mais pequenos, e que por isso, requerem cuidados especiais. Os testes virtuais são igualmente fulcrais para que se possam definir novos padrões de segurança.

As novas gerações Volvo, com a família XC e os muitos recentes 90, 60 e 40 a darem o exemplo, são neste momento verdadeiras montras de tecnologia de segurança. Em relação às regras de segurança para a futura condução autónoma pouco se desvenda, embora se saiba que na Volvo também estão em curso diversos testes específicos a pensar no futuro.

scroll up