SEMA Show mostra modelos personalizados

02 novembro 2016

O mercado norte-americano aprecia automóveis personalizados tanto a nível criativo como de comportamento. Aproveitando o facto de uma das mais importantes feiras da especialidade estar a decorrer em Las Vegas, o departamento de personalização da Fiat Chrysler Automobiles (Mopar), vai apresentar o SEMA Show para mostrar as possibilidades de modificações para vários modelos da sua gama de motores.

O destaque vai para uma versão baseada no Challenger SRT, denominado Shakedown Challenger, com modificações que reforçam o caráter desportivo, não só em termos visuais mas também de comportamento (incluindo novas entradas de ar e sistema de escape, os travões do Hellcat Challenger. As alterações visuais fazem relembrar o lendário Challenger de 1971. Ainda na Dodge, o SUV Durango é modificado para ficar com uma aparência muito mais desportiva, com o Durango Shaker a usar o motor SRT de 6,4 litros.

A Jeep resolveu regressar ao passado homenageando o antigo modelo Wrangler CJ, pegando no chassis do atual Wrangler TJ, mas instalando a carroçaria do CJ de 1966 e algumas peças de equipamento da geração JK do jipe americano. O Jeep CJ66 está preparado para funcionar como veículo de emergência e recuperação rápida em todo-o-terreno. Passando do ambiente selvagem para a utilização familiar, a nova geração do crossover Chrysler Pacifica é transformada no Pacifica Cadence, com novas jantes de 20 polegadas e pontos de apoio no tejadilho para transportar especificamente uma prancha de surf.

Os veículos comerciais também podem ser alvo de personalização, como a pick-up de grandes dimensões Ram 3500 HD que é transformada na Macho Power Wagon, com rodas de 35 polegadas, mas também com outros equipamentos normalmente associados à cultura de street racers. Já a Fiat Ducato é transformada na Ram Promaster Pit Stop, basicamente transformando-a num bar ambulante.

scroll up