Sim, existe mesmo uma M3 Pick-up

12 outubro 2016

Um dos carros mais emblemáticos da BMW, o M3, cumpre agora 30 anos de idade, deixando para trás uma história de sucessos, adrenalina e, também, algumas curiosidades: a BMW M Division tem ao seu serviço uma pick-up de 420 cv, concebida a partir do chassis de um BMW M3 Cabrio, e que até consegue melhores resultados aerodinâmicos que o M3 Coupé.

Esta peculiar pick-up, capaz de prender os olhares até dos leigos, nasceu em 1986, ano em que a marca da Baviera lançou o cobiçado e admirado M3. O projeto foi de tal forma bem-sucedido que a M Division decidiu renová-la em 2011.

Quando lançou o M3, a BMW ficou tão surpreendida com as excelentes prestações do carro que a M Division - departamento interno que tem a cargo as modificações dos modelos BMW para versões mais desportivas sendo o M de Motorsport -, decidiu adaptar um M3 para o transporte de equipamento e peças dento das instalações de Garching, nas imediações de Munique.

O problema é que, como é obvio, o M3 está pronto para tudo menos para transportar carga. A solução foi adaptar uma versão cabrio. “Este chassis foi escolhido por várias razões”, revelou Jakob Polschak, que trabalha na empresa há 40 anos e é atualmente o responsável pela construção de protótipos da BMW. “Em primeiro lugar, tínhamos esse modelo à nossa disposição e em perfeitas condições. Em segundo, a forma do chassis do cabrio era perfeita para adaptar para uma pick-up”.

O primeiro M3 tinha o motor do chamado “M3 italiano”, um motor de 192 cv criado especificamente para o mercado transalpino por razões fiscais. “Mas mais tarde mudámos-lhe o motor para o original, isto é, um 2.3 litros de 200 cv”, contou Polschak, deixando adivinhar a diversão que deve ser trabalhar numa divisão desportiva de uma marca como a BMW. Mas este projeto não foi mera “carolice” dos engenheiros da M Division, pois foi “um modelo muito usado pelos nossos estudantes e aprendizes, que participaram na sua evolução mecânica”. Este M3 esteve ao serviço durante 26 anos, tendo sido retirado para dar lugar a um M3 de 2011, de 420 cv.

Nova pick-up em 2011

Este projeto adaptou de novo um chassis de um cabrio, devido aos seus reforços. Mas acabou por ter muito mais visibilidade que a anterior pick-up. “Alguém teve a ideia de o mostrar como uma partida de 1 de abril”, desvendou Jakob Polschak. “Ainda por cima começaram a aparecer umas fotos deste modelo a fazer voltas de teste no circuito de Nürburgring Nordschleife antes do dia 1 de abril, o que alimentou muita especulação sobre as hipóteses de produzir esta pick-up. E nem o comunicado de 1 de abril tornou as coisas mais claras, dando a entender que aquele seria a quarta variação de chassis, depois do cabrio, do coupé e da berlina.

Nunca entrou num stand, mas a M3 pick-up continua ao serviço, tendo até já batido os 300 km/h, segundo a marca, mostrando 30 anos que a aposta da BMW no M3 foi das mais bem-sucedidas e versáteis.

scroll up