Toyota abre a primeira fábrica de hidrogénio

21 dezembro 2017

A Toyota nos Estados Unidos (Toyota Motor North America, Inc. ou TMNA) irá construir a primeira fábrica de geração de energia de pilhas de combustível com uma estação de abastecimento de hidrogénio capaz de suportar as operações no porto de Long Beach. Anunciada no Salão Automóvel de Los Angeles, a fábrica Tri-Gen vai usar resíduos biodegradáveis provenientes das explorações Agrícolas da Califórnia para produzir água, eletricidade e hidrogénio.

Em 2020, quando estiver em funcionamento, a fábrica Tri-gen vai ter capacidade para produzir diariamente cerca de 2.35 megawatts e 1.2 toneladas de hidrogénio, energia suficiente para alimentar 2350 casas de tamanho médio e 1500 veículos em deslocações diárias. A estação de produção de energia será 100% renovável, fornecendo as operações da Toyota Logistics Services (TLS) no porto de Long Beach e tornando-se a primeira unidade, na América do Norte a usar energia 100% renovável.

 “São mais de 20 anos de desenvolvimento da Toyota na tecnologia “Fuel Cell”, porque acreditamos no enorme potencial desta tecnologia para reduzir emissões e melhorar a sociedade” referiu Doug Murtha, Vice-Presidente - Planeamento estratégico. “A Tri-gen é um importante avanço na mobilidade sustentável e a chave para o sucesso do ambicioso Desafio Ambiental 2050 para atingir zero emissões de CO2 para os nossos processos produtivos”.

A Tri-gen é a chave no caminho que a Toyota está a desenvolver para uma sociedade centrada no hidrogénio. Além de servir como ensaio para a geração de energia de hidrogénio 100% renovável, a instalação irá abastecer todos os veículos do porto de Long Beach, incluído entregas de viaturas Mirai e o camião a pilha de combustível da Toyota conhecido como “Project Portal”. Para assegurar o abastecimento, a Toyota construiu, com o apoio da Air Liquide®, a maior estação de abastecimento de hidrogénio do mundo.

A Tri-gen foi desenvolvida pela “FuelCell Energy” com a ajuda do departamento de energia do Estados Unidos e agências da Califórnia incluindo a “California Air Resources Board”, “South Coast Air Quality Management District”, “Orange County Sanitation District” e a Universidade de Irvine na Califórnia, cujas investigações ajudaram no desenvolvimento da tecnologia base. A instalação supera os rigorosos padrões de qualidade do ar da Califórnia e avança os objetivos da “California Air Resourcer Board”, da “California Energy Commission” e dos Distritos de Gestão da Qualidade do ar da Costa sul e Baia da Califórnia, que têm sido lideres no trabalho de redução de emissões e de melhoria da qualidade do ar.

A Toyota continua fortemente empenhada em apoiar o desenvolvimento de infraestruturas que permitam o uso de hidrogénio direcionada para o consumidor, percebendo o potencial de veículos movidos a pilha de combustível. Na Califórnia existem 31 estações de hidrogénio para abastecimento de veículos zero emissões que emitem apenas água limpa e a Toyota por sua vez continua com parcerias com empresas para desenvolver novas estações. Um exemplo dessas parcerias é a Shell nos E.U.A., que representa a primeira colaboração entre um fabricante automóvel e uma petrolífera.

scroll up