Trump toma pequeno-almoço com Ford, GM e FCA

24 janeiro 2017

O 45º presidente dos Estados Unidos ainda não tinha tomado posse e já estava a assustar os maiores fabricantes de automoveis com a ameaça de taxar os modelos que sejam importados para os EUA, levando até a Ford a inverter a decisão de investir numa fábrica no México, optando antes pela sua unidade no Michigan. 

Agora que já se senta na Sala Oval da Casa Branca, Trump convidou três dos maiores fabricantes de automóveis norte-americanos para um pequeno-almoço, esta quinta-feira, para discutir o aumento da produção automóvel em solo americano. Mas isto não querr dizer que Trump tenha baixado a pressão sobre esta indústria. 

Segundo o porta-voz de Trump, Sean Spicer, o presidente "está ansioso para ouvir as ideias destes fabricantes sobre como podem, em conjunto, aumentar o emprego netsa área de produção"

scroll up