Veículos autónomos com olhos para ver os peões

30 agosto 2018

A Jaguar Land Rover criou uns “olhos virtuais”, em veículos inteligentes, para compreender como os humanos vão poder confiar nos veículos autónomos, uma vez que, segundo os mais recentes estudos, até 63% dos peões mostram preocupação com os níveis de segurança para atravessar as ruas no futuro.

Como parte do projeto de engenharia, a Jaguar Land Rover contou com a ajuda de um grupo de psicólogos cognitivos para entender melhor como o comportamento do veículo autónomo afeta a confiança das pessoas nas novas tecnologias. Os testes, atualmente a decorrer, integram o projeto UK Autodrive liderado pela Jaguar Land Rover, no Reino Unido.

Os “olhos” foram idealizados por uma equipa de engenheiros avançados a trabalhar na divisão de Future Mobility da Jaguar Land Rover. Os pontos inteligentes procuram o peão, que parece "olhar" diretamente para eles, o que indica aos utilizadores da estrada que os identificou e tem a intenção de agir para evitar qualquer tipo de problema.

Os engenheiros e psicólogos da equipa registam os níveis de confiança na pessoa antes e depois do ponto inteligente estabelecer "contacto visual" para saber se gera confiança suficiente de que irá parar. Estudos anteriores sugerem que 63% dos peões e ciclistas afirmam que se sentiriam menos seguros a partilhar a estrada com um veículo autónomo.

Pete Bennett, Future Mobility Research Manager da Jaguar Land Rover, comentou: “Está na natureza humana olhar nos olhos do condutor do veículo que se aproxima antes de começar a atravessar. E é importante compreender como isto se traduz no mundo automatizado do futuro”.

“Queremos saber se será benéfico oferecer aos peões informação sobre as intenções do veículo que se aproxima ou se simplesmente deixar que o peão saiba que foi reconhecido é suficiente para gerar confiança”, acrescenta aquele responsável.

scroll up