Vêm aí mais híbridos da Ferrari

11 novembro 2016

A Ferrari vai passar a oferecer motorizações híbridas, já a partir de 2019, em todos os seus novos modelos de maior volume. Para a marca do Cavallino Rampante, esta opção explica-se pelo facto de permitir aos futuros modelos da Ferrari serem ainda mais rápidos e eficientes.

A Ferrari terá ainda registado a patente de uma nova arquitetura, com motor incluído, específica para modelos eléctricos, e capaz de garantir até 30 km de autonomia em modo exclusivamente eléctrico.

Atualmente, apenas o LaFerrari e LaFerrari Aperta recorrem a uma motorização híbrida, sendo provável que caiba ao sucessor do F12 Berlinetta iniciar esta nova era que de certo modo vai ao encontro dos objetivos da marca, iniciar uma mudança profunda na forma como constrói automóveis, para que seja possível aumentar a capacidade de produção anual para valores acima dos 10 mil carros.

Essa alteração vai permitir aumentar o line-up de modelos, como forma de chegar a um maior número de clientes e ajudar ao aumento da procura. No entanto, espera-se que os responsáveis da Ferrari não deixem de impor limites à produção por forma a manter a exclusividade dos seus produtos.

scroll up