Viseu vai ter o primeiro transporte público autónomo

12 abril 2018

Carrega em cinco minutos, tem autonomia para 100 quilómetros e está equipado com o nível cinco de automação dispensando, por isso, o condutor. Também não tem pedais e volante. É assim o Viriato, o primeiro transporte público que em breve vai funcionar em Viseu.

Com capacidade para 24 passageiros, este pequeno autocarro vai circular “numa via segregada, porque é isso que a legislação permite, onde se cruzará com outros carros apenas em cruzamentos com semáforos. Haverá peões nessa via”, afirma Jorge Saraiva, o responsável pela TULAlabs, a empresa que criou este veículo coletivo.

A operação deste carro é assegurada por um sistema de gestão e monitorização para veículos autónomos, que apresenta informação sobe a posição, a velocidade e distância percorrida de cada veículo em tempo real, permitindo, por exemplo, definir intervenções preventivas das componentes mecânicas, informações sobre ciclos de carga e descarga das baterias, entre outros.

scroll up