Volvo inicia Projeto Drive Me

12 setembro 2016

O XC90 será o primeiro de uma série de veículos autónomos que serão utilizados nas estradas públicas de Gotemburgo.

Assinala-se assim, de forma oficial, o início do Projeto Drive Me da Volvo, um programa que irá testar a utilização de veículos equipados com a tecnologia de condução autónoma em condições reais.

A Volvo é uma empresa líder na área da segurança automóvel e acredita que a introdução desta tecnologia irá reduzir o número de acidentes nas estradas. Adicionalmente, a condução autónoma promete também reduzir o tráfego e a poluição das cidades permitindo aos condutores utilizar de outra forma o tempo que gastariam normalmente na condução.

Atualmente, a Volvo já oferece soluções de condução semi-autonóma através da funcionalidade Pilot Assist disponível na sua Série 90. Esta tecnologia já consegue manter o automóvel devidamente alinhado na sua faixa de rodagem em velocidades até 130 km/h sem necessidade de ir atrás de outros automóveis.

Após a saída da linha de produção, os automóveis do projeto Drive Me passarão por uma rigorosa fase de testes para assegurar que a tecnologia de condução autónoma funciona exatamente como é suposto funcionar. Depois da fase de testes, que será monitorizada pelas equipas de engenheiros da Volvo, os automóveis serão entregues aos clientes que fazem parte do projeto. Ao escolher esta abordagem focada no utilizador, a Volvo espera aperfeiçoar esta tecnologia com vista à sua introdução no mercado por volta de 2021.

O projeto Drive Me em Gotemburgo será o primeiro de uma série que a Volvo tem previsto realizar em estradas públicas com estes automóveis. Um projeto similar irá ser lançado em Londres no próximo ano e também na China, nos anos seguintes.

scroll up