Walter Röhl e Porsche: uma paixão de 25 anos

19 janeiro 2018

Exatamente há 25 anos foi assinado um contrato que, nos anos seguintes, se tornou um verdadeiro caso de paixão para ambas as partes: a Porsche contratou o quatro vezes vencedor do Rali de Monte Carlo e duas vezes Campeão do Mundo de Ralis como embaixador e piloto de desenvolvimento de novos modelos.

Em 1993, Walter Röhrl já tinha tido um relacionamento agitado com a Porsche. O seu primeiro automóvel foi um Porsche 356 usado e, depois disso, um Porsche 911 que sempre fez parte da sua coleção particular. Em 1977, o seu 911 pessoal, que utilizava para participar em ralis, abriu caminho para um contrato com a equipa da Fiat, sendo que, em 1981, Walter Röhrl já alinhava à partida para o Campeonato Alemão de Ralis num Porsche 924.

Mesmo neste ponto excecional da sua carreira nos ralis, Röhrl esteve envolvido no desenvolvimento do superdesportivo Porsche 959 e na tecnologia de tração às quatro rodas para o Porsche 964. Quando o contrato foi assinado, no início de 1993 para passar a ser representante da marca e piloto de desenvolvimento, havia uma condição: Röhrl garantia ao ex-presidente Wendelin Wiedeking "que iria dizer sempre a verdade sobre os novos desenvolvimentos".

Desde então, Röhrl participou no desenvolvimento e afinação de diversos modelos – desde o 959, passando pelo Carrera GT, pelo 918 Hybrid, por todas as versões do 911 e GT, até ao Porsche Panamera. O senhor de 70 anos de Regensburg continua a cumprir o antigo acordo até hoje. Walter Röhrl diz sempre o que pensa: "Aprendi uma lição muito importante durante o meu tempo na Porsche: o desempenho dinâmico que exigimos de um veículo desportivo quando levado aos limites é mais do que os pilotos profissionais necessitam. O ideal é que um veículo desportivo também seja fácil de controlar pelos condutores comuns".

Oliver Blume, Presidente da Comissão Executiva da Porsche AG, explica: "Na Porsche, não precisamos de agradecer apenas a Walter Röhrl pelos seus 25 anos de lealdade como representante e assessor, mas também pelas suas expressões que há muito tempo que se tornam aforismos. Eu gosto deste: "uma garagem sem um Porsche 911 é apenas um buraco escuro".

scroll up