Yaris vai ser o ponta de lança da Toyota em 2017

07 fevereiro 2017

Se o Yaris serve para colmatar de forma ambiciosa uma ausência de 17 anos no Mundial de Ralis, então também vai servir para a Toyota atacar o competitivo segmento B do mercado automóvel, surgindo agora com uma gama totalmente renovada e com interiores mais refinados. 

Há diversas melhorias nas várias versões, mas uma das mais significativas refere-se à híbrida, com o Toyota Yaris Hybrid a apresentar o novo motor de gasolina 1.5 VVT-iE, com 111 cv, além de mudanças para melhor em termos de conforto em marcha e precisão da direção. Esta versão representa mais de 40% das vendas do Yaris na Europa e agora foi alvo de um investimento superior a 90 milhões de euros, que se traduz na introdução de 900 novos componentes. 

Este motor de quatro cilindros substitui o atual 1.3 litros, tendo sido já desenvolvido para cumprir a futura norma de emissões Euro c6. É um motor que pertence à família ESTEC (Economy with Superior Thermal Efficient Combustion) e incorpora novas características técnicas que oferecem um maior rendimento e uma condução mais agradável, ao mesmo tempo que consegue reduzir o consumo em 12%, segundo os parâmetros atuais do NEDC (New European Driving Cycle). E, comparado com o atual 1.3 litros, este novo motor consegue reduzir a aceleração dos 0 aos 100 km/h em 0,8 segundos. As emissões de CO2 são das mais baixas do segmento, ficando-se pelos 75 g/km. 

Além de muitas alterações no aspeto interior e exterior - como um novo desenho de faróis, novos tapetes, cores e acabamentos, assim como um ecrã tátil de 4,2 polegadas em todas as versões -, o novo Yaris reforça a aposta na segurança e passa a trazer de série o sistema Toyota Safety Sense, o que inclui o sistema de segurança pré-colisão com travagem de emergência, o controle inteligente de luzes, um avisador para saídas involuntárias de faixa de rodagem e ainda o sistema de reconhecimento de sinais de trânsito. 

scroll up