Clássicos

Um rigoroso trabalho de restauro manteve a essência do modelo, mas introduziu pormenores que o tornaram mais moderno.

Este conjunto de peças é um autêntico achado e está a fazer delirar colecionadores. Vale mais de um milhão de euros. 

Em ano que se assinala meio século sobre a rebelião dos estudantes franceses olhamos para os carros nascidos em 1968.

A recuperação foi feita ao pormenor, incluindo a patine da tinta do carro. Hoje é uma peça de museu para ser apreciada.

Em 1928, o protótipo RAK 2 equipado com 24 foguetes de combustível sólido atingiu a velocidade recorde de 238 km/h. 

Protagonista do renascimento da marca no pós-guerra, o 203 tornou-se um ícone da década de  50.

Carros dos anos 60, 70 e 80 vão animar a baixa da Invicta com duas passagens pelo traçado de 1,95 km.

É o primeiro centro fora do Reino Unido que vai apoiar aos adeptos de clássicos da marca com um serviço muito completo.

Para comemorar a data, a marca desafiou o artista Jean-Charles de Castelbajac a criar um exclusivo Art Car.

De Lisboa a Espinho, foram 60 os clássicos que participaram numa das provas mais aguardadas do ano.

scroll up