Citroën Méhari faz 50 anos

08 maio 2018

Desde que foi lançado, em maio de 1968, o Citroën Méhari rapidamente se tornou num símbolo de liberdade para os jovens franceses devido ao seu conceito simples e versátil.

Meio século depois, a marca francesa celebra o sucesso deste modelo com a produção de um E-Méhari especial convidando o artista Jean-Charles de Castelbajac para criar um exclusivo Art Car.

Montado na plataforma Dyane 6, o Méhari mostrava-se leve podendo circular em qualquer parte mas foi nas zonas costeiras que se tornou numa das soluções de mobilidade mais preferidas graças aos seus materiais anti-corrosão, nomeadamente ao nível da carroçaria, em plástico ABS colorido.

A abordagem artística de Castelbajac celebra duas revoluções: a do próprio Méhari e a de 68 de maio, utilizando a palavra liberdade como a pedra angular da sua obra. Desta forma, o artista francês criou um Art Car como se fosse um manifesto gráfico ao estilo de um poster de maio de 1968, tanto nas cores como nos desenhos feitos à mão.

scroll up