Porsche 356 serve de inspiração a bicicleta

19 julho 2017

Pense em duas rodas a pedais, motor elétrico, na californiana Vintage Electric e no Porsche 356, a paixão de Rod Emory... Junte tudo... Misture... E o resultado é uma impressionante Emory Outlaw Tracker de linhas fluídas das quais não se consegue afastar o olhar e que nos levam a recordar as primeiras bicicletas motorizadas, as mesmas que deram origem às motos do presente.

Fundada em maio de 2004, há mais de 13 anos que a marca californiana constrói bicicletas elétricas inspiradas no passado. Agora, e depois de ter já produzido quatro modelos intemporais, eis que se juntou ao reconhecido especialista em clássicos Porsche, Rod Emory, para criar o seu mais recente produto: a Emory Outlaw Tracker.

Com quadro em alumínio e pintura “Carrera Silver”, esta Vintage Electric não deixa dúvidas quanto à inspiração que Emory foi buscar ao intemporal Porsche 356. Se tal não bastasse, a ótica frontal redonda e as aplicações em pele deixam bem claro que as duas máquinas fazem uma dupla irrepreensível.

O motor elétrico de 3.000 watts e bateria de lítio de 702 watts/h garantem uma velocidade máxima de 32 km/h, em modo de Estrada, e de 58 km/h em modo Corrida. Já no que toca à autonomia, em modo de Estrada o ciclista deverá fazer até 56 km, sendo que a carga completa da bateria leva apenas duas horas.

Para fazer face a este tipo de prestações, a Emory Outlaw Tracker, da qual serão produzidas apenas 50 unidades, conta com um garfo de suspensão invertido (inspirado nas motos) e travões de disco hidráulicos da Shimano.

Quem quiser adquirir um destas bicicletas tem apenas de ir ao site da marca e abrir os cordões à bolsa em 6.995 dólares (cerca de 6.000 euros). A marca oferece ainda como extras uma bagageira traseira e dois alforges por mais 289 e 579 dólares, respetivamente (cerca de 250 a 500 euros).

scroll up