A primeira vez de Ott Tanak

11 junho 2017

Esteve longe de ser fácil, mas desta vez Ott Tanak não errou em momentos cruciais. Uma vitória muito importante para a Ford, festejada condignamente pela M-Sport, num rali excitante que manteve quase sempre a incógnita em relação ao vencedor. Jari-Matt Latvala bem tentou, mas o piloto do Toyota Yaris cometeu um erro a dois troços do fim e entregou numa bandeja o triunfo a Tanak, que geriu da melhor forma a vantagem até final da Power Stage, que foi ganha por Esapeka Lappi uma das agradáveis surpresas deste rali da Sardenha.

Um pódio repleto de candidatos ao título neste Rali de Itália, com Tanak no lugar mais alto, Latvala na 2ª posição a 12,3 segundos e Neuville no degrau mais baixo a 1m07,7. Três marcas distintas nos três primeiros lugares, que contribuem para o equilíbrio e emoção do WRC 2017. A Citroen voltou a ficar longe e nem com Andreas Mikkelsen, que recuperou o volante de um WRC, chegou para as encomendas. E se Tanak e a Ford recebem na Sardenha os merecidos louros da vitória, também a Toyota marcou pontos muito positivos, não só com o 2º lugar de Latvala, mas também com a excelente prestação de Lappi que, no seu segundo rali ao volante de um WRC, levou o Yaris até ao 4º posto, venceu a Power Stage e averbou três vitórias em troços. Hanninen acabou no 6º lugar, depois de ter perdido a guerra dos segundos com o campeão Sébastien Ogier que levou o Ford Fiesta até à 5ª posição.

Em relação à Hyundai, o mal menor foi mesmo o 3º lugar do candidato ao título Thierry Neuville, depois de Paddon ter passadio muito tempo na liderança. A Citroen desiludiu e apenas o estreante na marca, Andreas Mikkelsen conseguiu levar o C3 WRC até ao 8º lugar, atrás do Ford de Mads Ostberg. Entre a categoria WRC2 a emoção foi palavra de ordem, com um duelo ao segundo mantido entre o Skoda Fabia R5 de Jan Kopecky e o Ford Fiesta R5 de Eric Camilli. Kopecky acabou por vencer com apenas nove décimas de segundo de vantagem perante Camilli, conquistando o 9º lugar da geral e dando mais um triunfo à Skoda no WRC2.

scroll up