Alemanha promete emoções ao rubro

16 agosto 2017

Têm sido várias as demonstrações do elevado nível de competitividade do Campeonato do Mundo de Ralis nesta época de 2017, com seis pilotos a terem já conquistado triunfos nas nove provas já disputadas. Mas o Mundial ganhou ainda mais emoção na última jornada, na Finlândia, com Thierry Neuville (Hyundai) a ser o primeiro piloto em mais de três anos a destronar Sébastien Ogier (Ford) da liderança da classificação.

O Campeão do Mundo começou bem o ano ao vencer logo na estreia com a Ford e depois disso manteve grande regularidade, como é seu hábito, e somou ainda mais um triunfo. Contudo, o belga da Hyundai e atual líder da classificação compensou os resultados iniciais mais fracos com três triunfos e mais três pódios para reclamar o primeiro posto da geral. Ainda assim, a igualdade pontual (160) entre ambos é a prova clara de como superar o gaulês não é tarefa fácil.

Agora que o Campeonato do Mundo de Ralis chega à Alemanha para a décima jornada da época, a segunda em asfalto, a luta pela glória final está de novo na estaca zero. Atendendo aos resultados mais recentes, pode dizer-se que a vantagem está do lado de Neuville depois de ter ganho a Volta à Corsega, a única ronda de asfalto já realizada este ano, enquanto Ogier foi segundo. Mas isso não quer dizer nada, até porque como argumento os fãs do piloto da Ford poderão argumentar desde logo que no ano passado a vitória foi de Ogier na Alemanha.

A verdade é que, por mais análises e previsões que se façam uma coisa é certa: o Mundial deverá deixar a Alemanha com um líder isolado (é difícil imaginar ambos os pilotos a terminarem com zero pontos).

Atrás deles as atenções deverão recair sobre Ott Tänak (Ford) e Jari-Matti Latvala (Toyota). O estónio ocupa o terceiro posto da geral com 119 pontos, apenas mais cinco que o finlandês, pelo que é de esperar animado despique entre ambos.

O Rally da Alemanha vai para a estrada ao final de quinta-feira com a Super Especial de Saarbrücken, seguindo-se sete classificativas na sexta-feira, nove no sábado e quatro no domingo, com o Power Stage (SS21 St. Wendeler Land II) a ter o início marcado, como mandam as regras, para as 11h18 de Portugal Continental.

scroll up