Tänak a rodar para a primeira vitória

10 junho 2017

Ott Tänak está a levar a cabo prova muito bem pensada neste Rally Itália Sardenha e terminou o segundo dia de competição na frente da classificação geral depois de tirar bom partido dos contratempos dos homens da Hyundai.

Primeiro foi Thierry Neuville a debater-se com problemas de travões na SS12, acabando por perder a segunda posição para o estónio, e depois foi Hayden Paddon, com bastante mais aparato.

O neozelandês cometeu, segundo o próprio, um “erro de amador” na SS13, saindo de estrada e partido a suspensão traseira direita. Paddon ainda conseguiu terminar a classificativa, mas os danos no Hyundai i20 Coupé WRC eram demasiados e levaram ao abandono antes do arranque para a SS14.

Sem rivais à frente e na liderança da prova, Tänak nem por isso baixou os braços e continuou a ganhar tempo ao adversário mais próximo com o claro objetivo de chegar ao último dia de prova com o máximo de margem possível sobre os demais para tentar a primeira vitória da carreira na categoria principal do Mundial de Ralis.

Atrás dele, a 24,3 segundos de distância, Jari-Matti Latvala está a levar a cabo um rali regular. O piloto do Toyota Yaris WRC rodou sempre entre os cinco primeiros e subiu duas posições desde a manhã. Uma prestação que, a manter-se, o poderá levar ao primeiro pódio no Campeonato desde a vitória assinada no Rally da Suécia, em fevereiro.

A fechar o pódio provisório está Neuville. Assim que ultrapassou os problemas de travões na assistência do final da manhã, o belga recuperou algum terreno, mas o tempo perdido deixa-o, de momento, a 1m02,2s da frente.

Enquanto isso, Esapekka Lappi está a brilhar e a fazer justiça aos pergaminhos da escola finlandesa da modalidade. Aos comandos de um WRC apenas pela segunda vez, o piloto do Toyota Yaris WRC não se está a deixar intimidar pelos rivais e tem vindo a recuperar terreno desde manhã. Lappi foi mesmo o mais rápido da última classificativa do dia e subiu ao quarto posto, superando o compatriota e colega de equipa Juho Hanninen, que fez um pião e bateu pouco depois da partida para o último troço. Lappi está a 2m10,8s de Tänak, enquanto Hanninen está a mais 31,3s de distância.

Para esquecer está a ser a prova do Campeão do Mundo e líder da classificação, Sébastien Ogier. O gaulês do Ford Fiesta WRC ’17 nunca se encontrou com esta edição do Rally Itália Sardenha, como comprova o facto de estar a rodar em sexto, a uns muito distantes 3m26,1s do colega de equipa.

scroll up