Título mais perto para Porém após vitória em Idanha

09 setembro 2017

Ricardo Porém festejou a vitória em Idanha-a-Nova mas ainda não pode fazer contas finais para o título de 2017. Os seus principais opositores, João Ramos e Alejandro Martins ficaram sem pontos, depois de abandonarem a prova da Escuderia Castelo Branco. A Toyota Hilux de João Ramos teve problemas de transmissão e a de Alejandro Martins também foi obrigada a desistir devido a problemas elétricos. Quem ocupou as duas posições seguintes do pódio, atrás da Ford Ranger de Porém, foi Paulo Ferreira que conquistou um excelente 2º lugar após duelo emocionante com Alexandre Franco (com apenas 24 segundos de diferença) que, com este resultado sobe ao 2º lugar do Campeonato Nacional de Todo o Terreno.

O espanhol Luís Recuenco em Toyota Overdrive obteve a 4ª posição em Idanha-a-Nova e Lino Carapeta levou o Land Rover Evoque Proto ao 5º lugar final. Rui Sousa foi o vencedor da categoria T2 e o 7º classificado da geral, à frente de outra Isuzu D-Max de César Sequeira e atrás do regressado Luís Dias (Nissan) que alcançou o 6º lugar da geral. Na categoria T8 o triunfo foi para o Nissan Pathfinder de Nuno Raposo, o 10º da geral, atrás do Mitsubishi Pajero de José Mendes. A próxima prova do CNTT é a Baja Portalegre 500 marcada para 26 a 28 de outubro, organizada pelo Automóvel Club de Portugal e pontuável para a Taça do Mundo FIA de Todo o Terreno.

scroll up