Benavides mais forte em casa

20 janeiro 2018

Penúltimo a partir, fruto da inversão da ordem dos resultados de ontem, Kevin Benavides tirou bom partido do fator casa para levar de vencida os 120 km cronometrados deste último dia de ação do Dakar 2018. O piloto da Honda, que passou pela liderança da prova na sexta especial, fechou assim com chave de ouro a mais dura prova de todo-o-terreno do mundo ao garantir a que acabou por ser a sua única vitória em etapas este ano.

Atrás dele, e a meros 54 segundos ficou Toby Price. O australiano da KTM foi o que mais luta deu ao homem da casa, mas não conseguiu encontrar os argumentos necessários para assinar mais uma vitória e teve de se contentar com a segunda posição.

Ambos ganharam à volta de cinco minutos a Matthias Walkner, mas também isso não chegou para alterar as coisas na frente da classificação geral. O piloto da KTM fez toda a etapa a controlar e terminou em oitavo da geral, o bastante para garantir a primeira vitória absoluta no Dakar depois de uma prova muito bem gerida. Diga-se, aliás, que desde que assumiu a primeira posição na 10ª etapa o austríaco o que mais fez foi gerir a margem para os rivais de forma brilhante.

Enquanto isso, e a fechar o pódio de hoje, ficou Antoine de Meo. O gaulês ainda começou por rodar na segunda posição, mas acabou depois por perder para o colega de equipa e precisou de mais 2m49s que Benavides para completar a tirada, o que lhe permitiu garantir o quarto posto absoluto.

scroll up