Bird voou em Brooklyn e venceu tudo

16 julho 2017

Nova Iorque não podia ter sido mais perfeito par Sam Bird, O piloto britânico da DS Virgin não só venceu as duas corridas de Brooklyn, mas também foi o autor da Super Pole. Bird voou baixinho e conquistou o coração dos americanos neste GP de Fórmula E que, parece ter aberto as asas para voos elétricos do futuro. Depois de triunfar na corrida inaugural realizada ontem, Bord levou o DS Virgin ao triunfo na 2ª corrida, batendo os dois Mahindra Racing de Rosenquist e Heidfeld, que se classificaram respetivamente no 2º e 3º lugar.

Uma corrida bem disputada que levou ainda o Renaul E.Dams de Gasly ao 4º posto e o Abt Audi Sport de Di Grassi à 5ª posição, perante o entusiasmo do público americano que parece aderir à Fórmula do futuro. O português António Félix da Costa em Andretti Form.e teve um fim de semana amargo. No sábado terminou a corrida em 12º lugar e no domingo, depois de ter rodado na 8ª posição, viria a terminar no 15º posto, devido a uma penalização sofrida, que o retirou dos pontos. A temporada de de Fórmula E está perto do fim, com a última dupla corrida marcada para o Canadá a 29 e 30 de julho.

scroll up