Dakar com mais de três centenas de participantes

09 novembro 2017

Etienne Lavigne, Diretor de Prova do Dakar, deu finalmente a conhecer os detalhes que faltavam sobre a edição de 2018 da mais dura e prestigiada prova de todo-o-terreno do mundo.

Numa apresentação levada a cabo em Lima com a Associação de Imprensa Estrangeira no Peru, o francês revelou que o Dakar de 2018 vai contar com a participação de 320 veículos repartidos pelas categorias de Motos, Carros, Camiões, Quads e SSV que vão partir de Lima a 6 de janeiro com o objetivo de chegarem à cidade Argentina de Córdoba no dia 20.

Pelo meio ficarão 14 etapas e mais de 5.000 km cronometrados por grande diversidade de terrenos, condições climatéricas extremas e pistas de alta altitude.

“Há algum tempo que não tínhamos um Dakar com 14 etapas. Teremos condições diferentes a cada dia e os pilotos vão ter de adaptar-se diariamente aos pisos, às distâncias e às condições climatéricas,” advertiu Lavigne.

“O Dakar vai chegar, pela primeira vez, à altitude do lago Titicaca desde o lado peruano,” depois de cruzadas as dunas do deserto do Peru, e passará depois pelo “inferno” das temperaturas do nordeste da Argentina.

Entienne Lavigne mostrou-se também muito satisfeito com o regresso ao Peru. “Vamos poder oferecer novos terrenos, diferentes das duas últimas edições, com um deserto famoso e absolutamente incrível.”

O francês destacou ainda que o Dakar de 2018 terá menos quilómetros de ligação graças às etapas efetuadas em loop, com partida e chegada no mesmo local, como acontecerá nas cidades peruanas de Pisco e San Juan, que será palco da incontornável Etapa Maratona, e depois a última tirada competitiva em Córdoba.

scroll up