E vão quatro e título para Porém na Baja

28 outubro 2017

Ricardo Porém fez a festa completa na 31ª edição da Baja Portalegre 500. Pela primeira vez, um piloto consegue vencer quatro vezes consecutivas a última prova da Taça do Mundo de TT. Além disso, juntou novo título de Campeão Nacional absoluto ao seu palmarés.

A edição de 2017 da clássica alentejana ficou marcada pela dureza dos pisos, fruto do terreno seco que predomina no distrito de Portalegre. Ao longo de dois dias, as equipas tiveram quase 500 quilómetros pela frente, num percurso muito diferente dos últimos anos. João Ramos foi o primeiro líder. O piloto da Toyota Hilux foi o mais rápido no Prólogo e no SS2. Ao fim do dia inaugural da competição, Ramos e Porém estavam separados por menos de nove segundos.

O dia de hoje, dividido em dois sectores seletivos, seria decisivo. Com mais de 360 quilómetros, a diferença entre os primeiros não permitia qualquer postura de gestão. Mas logo na fase inicial, Ramos entregava a liderança a Porém. Um problema elétrico nas bombas de combustível da Hilux levou o portuense ao abandono. “Não era a forma como queria discutir a corrida, mas a partir daí fiquei mais tranquilo”, admitiu Ricardo Porém.

No final, o piloto da Ford Ranger não escondia a sua satisfação. “Mais uma fantástica vitória. A prova foi muito dura, com pisos muito abrasivos. Estou muito feliz. Revalidei o título de campeão nacional. Venci pela quarta vez em Portalegre. Nem tenho palavras. É muito emocionante”, afirmou mal chegou ao final do derradeiro sector seletivo.

O pódio ficou completo com duas equipas estrangeiras, ambas em Mini All4Racing da X-Raid. Guilherme Spinelli concluiu a Baja Portalegre 500 na segunda posição, a mais de seis minutos de Porém. Boris Garafulic fechou o pódio, mas a mais de 17 minutos do vencedor. 

No T2, Rui Sousa celebrou da melhor forma a conquista do campeonato. O piloto da Isuzu D-Max andou bastante tempo na frente e só César Sequeira deu, por momentos, réplica, o que valorizou ainda mais este triunfo do novo campeão nacional da categoria. Pedro Dias da Silva assegurou o triunfo no evento nacional e, em simultâneo, no Desafio Mazda.

scroll up